Sem poesia, a vida seria a morte.


domingo, 8 de julho de 2012

nenhum verso me encontra
nada do que existe é o que conta
no tempo limpo e vazio
como a pia desta cozinha.

Hoje é fim de domingo 
e o céu está transbordado. CQ

2 comentários:

  1. eliana denise martins de souza13 de novembro de 2012 16:56

    em muitos domingos de minha vida,so me importei em lavar louças arrumar a mesa com flores/hoje queria voltar atras deixar alouça suja a cama desarrumada para apenas poder estar u pouco mais com vc Daniela Souza,uma paciente de 19 anos que foi aconhida por essa pessoa maravilhosa que a a dr,ana claudia.

    ResponderExcluir
  2. Querida Eliana...muito obrigada pela lembrança mais linda que você me deixou dela..a doçura do olhar, a maciez da pele fina..o amor que transbordava dos teus olhos sobre ela..jamais esquecerei de vocês, viu?

    ResponderExcluir